Os melhores produtos e projetos de decoração, arquitetura e design para você se inspirar. Fique por dentro dos lançamentos mais bacanas do mercado. Selecione referencias e produtos para montar o seu projeto. Tudo em um só lugar

Baixe agora mesmo o App Kaza e tenha acesso a um conteúdo exclusivo.

App store




DECORAÇÃO

Design, cravo e canela

O designer de comida Corrado Calza abre as portas de sua morada milanesa, lugar onde os sabores da culinária italiana se misturam com suas coleções repletas de histórias


Por: Flávio Nogueira

Uma boa casa não é feita apenas de mobiliários assinados por nomes poderosos da indústria. Mais do que isso, uma morada decente conta com arranjos de boas peças e diálogos visuais. E Corrado Calza, proprietário desse apê, cumpre com perfeição os dois requisitos. Afinal, o décor chama a atenção tanto pela excepcional compilação de móveis, objetos e obras quanto pelo raciocínio estético empregado. Calza é chef-designer, ele comanda um catering que fornece banquetes para a turma da moda. Entre os seus clientes estão Prada, Roger Vivier e Antonio Marras, mas ele é também bom colecionador. Na apresentação desse personagem em cena a ordem de suas qualificações não muda muito. Até porque ele é um devorador do traçado – o cara já abocanhou um Design Awards 2011 da Wallpapper, na categoria consultoria criativa para a concepção e construção de alimentos e bebidas.

Calza vive nesse apartamento de 100 metros quadrados abrigado no sexto andar de um prédio construído no final dos anos 1950, em Milão, norte da Itália. Para o concept do projeto – além de seu apuro e garimpo próprios –, ele contou com a expertise do arquiteto Roberto Boni. Os pratos, os copos e os talheres que acontecem como pinceladas de uma pintura na sala de estar decorada com mobílias antigas, dão grande personalidade e testemunham a sua paixão por coisas belas. Mobiliários dos anos 1970 com luminárias Ingo Maurer e Oscar Torlasco combinam com louças e obras que conferem uma atmosfera “mezzo anni cinquanta”. As paredes brancas servem de cenário para as cerâmicas com desenhos geométricos que revestem todos os cantos. “Eu amo colecionar. Minha paixão são esses pratos de bolo alemães dos anos 1930, eles estão por toda a parte. Tenho ainda modelagem Pol Chambost Vallauris “faux bois”, Fornasettis e fotografias”, revela. Mas não é só: lá você também encontra igualmente um acervo de arte contemporânea com obras de Giovanni de Francesco, Pae White, Wasarely e Mauro Ceolin, só para citar alguns. “Sou um caçador incansável, entro em lojas e mercados de pulgas, peneiro tudo, mas a maior parte do acervo eu consumo navegando na web. Meu maior vício chama-se eBay”, explica.

Entre seus cantinhos prediletos está um dos quartos que ele transformou em estúdio, canto apinhado de porcelanas. “Gosto muito de ficar por aqui e ouvir minhas músicas (ele adora Radiohead e Barbra Streisand) e a cozinha, é claro!”. Como recebe os amigos, está sempre pronto para cozinhar, e tem sempre alguns pratos na manga. “Legumes, sempre! AMO, pode colocar em letras garrafais. Os legumes são plásticos e os doces também, muitos doces”. E finaliza: “Mousse de chocolate com um toque de canela, ninguém sai daqui sem provar”.


PRODUTOS RELACIONADOS

Meber
Monocomando Lavatório Bancada 2878 C74 Extralongo Luz
+info

COTAR

Phenicia Concept
Tapete Old Patch
+info

COTAR

Única Laminados
Piso Vinílico Cor W3914
+info

COTAR


PROJETOS RELACIONADOS