Os melhores produtos e projetos de decoração, arquitetura e design para você se inspirar. Fique por dentro dos lançamentos mais bacanas do mercado. Selecione referencias e produtos para montar o seu projeto. Tudo em um só lugar

Baixe agora mesmo o App Kaza e tenha acesso a um conteúdo exclusivo.

App store




DECORAÇÃO

Por uma vida mais doce

Cheiro de bolo no ar, arte e bom design espalhados por todos os cantos fazem o clima da morada de Isabela Frugiuele, com tempero do Suite Arquitetos


Por: Cynthia Garcia

Até o nascimento da baby que os levou a mudar de endereço, o jovem casal Isabela Frugiuele e Phelipe Hamoui não parava em casa. Ela, uma leonina com garra e grandes olhos verdes, devidamente apelidada Bela, é sócia da Triya com as amigas Carla Franco e Maria Isabel Fioravanti. Apoiada no e-commerce, a grife tem loja no shopping Iguatemi de São Paulo, desfila no Fashion Rio e está para inaugurar endereço carioca. Formado em administração, Phelipe é um globe-trotter nato, trabalha em comércio exterior e quatro vezes ao ano bate ponto na China. Quando estive com eles, a dupla de workaholics confessos havia voltado de Xangai.

Estava tudo OK no apê anterior de 115 metros quadrados até a chegada da cegonha. Desde maio, a bonita família está no novo lar em terreno de 350 metros quadrados e área construída de 480 metros, dividida em três pavimentos. O térreo acomoda o social com portas de vidros para o jardim; o intermediário abriga duas suítes e o “quarto da bagunça”; e coroando tudo, “a laje”, onde ficam o varandão e o espaço do homem da casa com suas coleções de toy-art, gadgets e tecnologia.

No décor, proveniências variadas e clima de arrumação em curso. Há heranças de família como a mesa de canto vermelha, joia do design paulista dos anos 70, criada pelo arquiteto Eduardo Longo (“era do meu avô paterno, Tito Frugiuele”), e a coleção de mantas tricotadas por sua avó materna, Marlene Barros. Nas paredes, um mix eclético, fotografia de Felipe Morozini, tela de Antonio Lee (filho da Rita Lee), retrato da top Gemma Ward no traço de Danny Roberts, concretismo do mestre Hércules Barsotti e cartaz do mundo do surfe, The Endless Summer (1964). A arquitetura interior ganhou uma força da irmã Daniela Frugiuele, do primo Filipe Troncon e da Carol Mauro, o trio fantástico do Suite Arquitetos, que desenhou a estante da sala. Nas prateleiras, uma extensa coleção de porcelana de casinhas típicas dos canais de Amsterdã, que a KLM oferece aos passageiros fiéis à frota. “Aliás, adoramos o design holandês”, diz ela referindo- -se a duas mesas: a de Jacqueline Le Blue, construída com livros infantis antigos, e a de centro de madeira descartada, Waste Coffeecube in Scrapwood, de Piet Hein Eek.

Percebe-se que o olhar da ex- estudante de Artes Plásticas da Faap está presente em tudo, das telas coloridas pintadas por ela aos objetos do universo cromático da Pantone, resumido em duas palavras: “Amo cor”. Também está claro que rola uma paixão por dois segmentos do design, luminárias e poltronas, como a Cité de Jean Prouvé, anos 1930, manufatura Vitra, e a multicolorida Tropicália de Patricia Urquiola para Moroso. Dominando a sala de jantar, um dos ícones do light design contemporâneo. É o gigantesco pendente, Dear Ingo de Ron Gilad para a Moooi, um híbrido de aranha e lustre em homenagem ao designer da luz, Ingo Maurer. A outra, criação do coletivo holandês Ontwerpduo, é Light Forest, um sistema orgânico e customizado de peças, que Bela colocou subindo pela parede ao teto à maneira de uma luminosa trepadeira tech. “Decorar, como a moda, é um eterno work- -in-progress”, conclui a moça bonita, um dos talentos da moda brasileira que, tudo leva a crer, sabe aonde quer chegar.


PRODUTOS RELACIONADOS

Tramontina
Cuba de Sobrepor Vitra 1.5C 34 R
+info

COTAR

Tramontina
Cuba de Sobrepor Varanda Gourmet
+info

COTAR


PROJETOS RELACIONADOS